Galeria

Piratuba


   A história de Piratuba começou em 1910, quando foi construída a Estrada de Ferro São Paulo – Rio Grande do Sul. A empresa responsável pela obra, a “Brazil Railway”, montou um acampamento para seus operários formando um núcleo que passou a se chamar Vila do Rio do Peixe.

 

   A colonização da localidade foi realizada por alemães, portugueses e italianos, atraídos pelas terras férteis e abundância de peixes, e com os construtores da via férrea, que mais tarde foram impulsionadores do desenvolvimento e comercialização nas margens da ferrovia. O núcleo ali formado permaneceu até 18 de fevereiro de 1949, quando o lugar foi elevado à categoria de Município, passando a chamar-se Piratuba, que, em tupi-guarani significa “Abundância de Peixes”.

          A grande virada na história de Piratuba aconteceu em 1964, quando a empresa PETROBRÁS, pesquisando petróleo em terras catarinenses, veio explorá-lo nas margens do Rio do Peixe e, nas proximidades de Piratuba perfurou um poço que atingiu 2.271,30m, encontrando um lençol de águas sulfurosas, a 674 metros de profundidade, em torno do qual surgiu o Balneário de Águas Termais e junto com ele o turista.